Depois da decisão do Governo de que apenas os estudantes do 11.º e 12.º anos poderão voltar, neste ano lectivo, a ter aulas presenciais, e que para os restantes alunos, do 1.º ao 10.º ano, o ano lectivo prossegue em regime de ensino à distância e com o recurso à Telescola, que começa a ser emitida na RTP Memória a partir do dia 20 de Abril, a Câmara Municipal de Mirandela (CMM) e o direção do Agrupamento de Escolas já elaboraram um plano de entrega dos livros escolares, e outro material, pertencentes aos alunos, que ficaram nas escolas do 1º ciclo, desde o dia 13 de março.
“Vamos proceder à entrega do material escolar dos alunos entre os dias 13 e 17 de abril, nas escolas básicas do Fomento, do Convento, da Luciano Cordeiro e nas escolas do meio rural”, revela o vereador da CMM, responsável pelo pelouro da educação.
Nos cinco dias úteis da próxima semana, os materiais escolares serão entregues aos pais dos alunos. “Vamos entregar diariamente os livros de quatro turmas, duas de manhã e outras duas à tarde”, adianta Orlando Pires
Quanto ao processo de entrega, “os livros de cada aluno são colocados em sacos, pelos professores, devidamente etiquetados com o nome do aluno, morada e contacto telefónico dos pais e estes, mediante agendamento prévio, dirigem-se de carro à escola e recebem o material sem necessidade de saírem das viaturas”, refere.
Ainda segundo o vereador da CMM, o Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) vai fornecer os equipamentos de proteção individual, sacos e etiquetas.
Para além disso, vai monitorizar o processo e proceder à desinfeção diária da entrada de cada escola.
No entanto, “o SMPC pode, sempre que necessário, entregar os livros em casa dos alunos, cujos pais não se possam deslocar”, ressalva Orlando Pires
Prestação de apoios alimentares a alunos beneficiários do Escalão A e B da ação social escolar
Perante a suspensão das atividades letivas e não letivas e formativas presenciais e dentro do que está estabelecido como medidas excecionais e temporárias de resposta à situação epidemiológica do novo Coronavírus, a Câmara de Mirandela (CMM), em articulação com o Agrupamento de Escolas de Mirandela (AEM), anuncia que vai reforçar e renovar as medidas necessárias para a prestação de apoios alimentares a alunos beneficiários do Escalão A e B da ação social escolar.
“As famílias que tenham filhos enquadrados nestes dois escalões deverão solicitar o fornecimento das refeições ao Agrupamento de Escolas de Mirandela através do nº de telefone 278201350 ou para o email: aemsecretaria@gmail.com e email: deasdj@cm-mirandela.pt”, explica Orlando Pires.
As refeições serão fornecidas diariamente pelo AEM, preferencialmente em regime de “take-away”. “Este método de fornecimento pretende garantir o respeito pelas medidas de distanciamento social decretadas, devendo privilegiar-se horários desfasados para o acesso dos beneficiários aos estabelecimentos de ensino, de molde a evitar o contacto e ajuntamento de pessoas”, adianta o vereador do Município.
Em relação às crianças do meio rural, Orlando Pires afirma que será efetuada articulação com os presidentes das juntas de freguesia.
Jornalista: Fernando Pires
Slider