A GNR encerrou, no domingo, um estabelecimento usado para prostituição em Mirandela.

O Comando Territorial de Bragança, atravĂ©s do NĂșcleo de Investigação Criminal (NIC) de Bragança, encerrou, no dia 11 de julho, um estabelecimento “onde se praticavam atos sexuais mediante contrapartida financeira, no concelho de Mirandela”, informou a Guarda em comunicado enviado esta quarta-feira Ă s redaçÔes.

O estabelecimento era gerido por dois homens e “possuĂ­a caracterĂ­sticas que facilitavam o exercĂ­cio de prostituição por parte de mulheres que ali se encontravam a residir, gerando vantagem patrimonial a favor dos responsĂĄveis”. AlĂ©m disso, o estabelecimento funcionava em “total desrespeito das regras impostas pela Direção-Geral de SaĂșde no Ăąmbito da atual pandemia”, nunca tendo encerrado ao pĂșblico e continuado a “desenvolver a sua atividade de forma dissimulada”.

Ler mais AQUI

Slider